Pular para o conteúdo principal

Numero 19 - O teste do Poder



João Sérgio: O dia amanheceu e o líder é chamado para funções de comando a frente de grandes grupos. Não é uma pequena liderança, mas a mais difícil delas que vai testar todo seu conhecimento, sensibilidade e humanidade, e trazer à tona todo e qualquer resquício de autoritarismo que ainda possa existir. Ter este poder de decidir a vida de muitos é sempre algo muito perigoso e os donos da verdade e da lei cairão nas armadilhas da ambição e do poder. Mas não há como escapar deste teste final antes que o novo ciclo se inicie... De onde vem a força e o poder que eclodem ao apelo das multidões, senão do grito das necessidades contidas e reprimidas... Mais uma necessidade está sendo construída para o amanhã ...

De onde vem as dividas? Não somos obrigados a pagar uma fatura que não tenha sido contraída pelo nosso CPF ou CNPJ. Então precisamos cometer os erros novamente aqui e agora para gerar estes prejuízos e perdas. E tais prejuízos são gerados na maioria das vezes pelo descuido com as leis e regras e falta de controle.  Devido ao seu medo de exercer o controle, é justamente nestes momentos que as coisas desandam e  geram perdas... Percebemos assim que é mais o medo de autoritarismo do que o controle excessivo que gera perdas. É por medo de perder que o indivíduo se precipita e causa mais perda ainda.

Lembrando que esta é apenas uma face da questão, a visão financeira. Existem muitas outras formas de perdas...

Marcia Côrtes Duarte: Um país, pode ter a influência 19 e na realidade de qualquer número.  Porque se puder nós enquanto brasileiros devemos ter o 19... quanta mão de obra escrava na nossa história,  quanto enriquecimento às custas dos outros... E a história vai seguindo e as perdas cada vez mais evidentes, saúde,  educação, ética, enfim, penso que temos muito a aprender enquanto brasileiros.

João Sérgio: O pior roubo não é  suprimir um objeto, uma posse ou uma posição, mas se apropriar da alma das coisas ao levar tais objetos e sonhos.

Estes são como vampiros roubando o sangue que anima os corações, pois os objetos físicos são apenas a parte visível do iceberg das coisas e ao destruir sonhos mudam o rumo das vidas humanas.

O mesmo vale para os sonhos e esperanças que são roubados e destruídos por atos impensados que desprezam valores humanos para construir tesouros materiais.

Sua pena será muitas vezes maior do que o objeto roubado porque a justiça contabiliza também este valor intangível que os homens não vêem.

Silvia Fitti: ❤Oi, Marcia! A sua colocação me fez lembrar o livre arbítrio, pois ao mesmo tempo que sofremos as consequências dos atos passados, criamos as futuras consequências através dos nossos atos presentes.

E isso serve para o Brasil, para os EUA, para a China, para a Itália... para qualquer país ou pessoa.

Tenho visto a série THE TUDORS, sobre essa dinastia inglesa e, ao mesmo tempo, estou em um grupo de estudos sobre a Bhagavad Gita - um pequeno livro muito importante do Mahabharata - o mais longo poema épico da Índia. É muito impressionante ver as consequências dos atos ao longo de séculos e como se desenrolam pequenas decisões, às vezes tomadas com a maior boa intenção...

A história tarda mas não falha._ Vivemos um tempo onde os direitos humanos estão sendo questionados, onde a dignidade humana tem sido aviltada, e isso sob o olhar complacente de pessoas ditas civilizadas. Por isso, percebi claramente que a civilização humana não tem seu futuro garantido. Podemos retroceder a pontos inimagináveis. Ao ponto da barbárie, ao ponto de fuzilamentos em escolas, estimulados por vídeo-games de assassinatos em série (considerados normais) e políticos eleitos pelo povo.

Por isso o nosso estudo é tão importante. É preciso acordar para o nosso papel na evolução humana. Para a responsabilidade no cuidado conosco mesmos e com os assuntos sociais.

A riqueza que o nosso país recebeu de Deus é motivo de cobiça de bichos vorazes e impiedosos. Esses monstros insaciáveis são como feras selvagens, querem sangue-dinheiro, querem água, querem petróleo, querem nióbio, querem biodiversidade para escrutinar em laboratórios ascéticos. Querem Poder, e vão passar por cima do esqueleto de crianças indígenas, jogar bombas atômicas sobre culturas diferentes, vão cimentar pedreiros nas pontes, e tudo isso sob os olhos fechados de "bons cidadãos" que querem ver ordem nas ruas. Essa ordem nunca vai chegar enquanto não houver respeito pelo próximo. Enquanto a vilania e a injustiça forem aceitas como "necessárias" pelos homens comuns.

Já passou da hora de pararmos de esperar líderes bons. Que cada um seja bom. Os desafios do poder mostram que os líderes são humanos. Se os líderes são humanos, os humanos podem ser líderes. Líderes de si mesmos.

A maioria das pessoas no nosso país se comporta como um rebanho que segue as notícias da TV. Sem questionar, apoiam seus algozes, aqueles que vão fazê-las trabalhar até a morte com baixa instrução e muito sacrifício, sem a possibilidade de alcançar algum sentido social, além do amor natural que trazem no coração e que se expressa na arte ou no dia a dia de muitas formas invisíveis.

Se podemos plantar uma sementinha no coração de alguém, que essa semente seja de amor e respeito pela vida, pela alegria, pela esperança de evolução, pela atenção permanente às virtudes... Por fazer aquele esforço a mais para estudar a História e não repetirmos os erros, nem apoiarmos quem claramente é limitado tanto de valores como de bom-senso. Pois que bom-senso pode haver na estupidez e desrespeito à vida, em toda sua complexidade?

Precisamos superar com vigor a tese da violência. Precisamos superar o cinema americano da bomba e da bala. Da comida artificial porque "não temos tempo". Dos shampoos cheios de químicas que prejudicam a vida marinha. Das indústrias hipócritas, mesquinhas e assassinas da natureza. E para isso precisamos nos imbuir da alegria de saber. Estudar, de pouquinho em pouquinho. Sem querer engolir o mundo, que é muito grande.

Passo a passo vamos atraindo pessoas que tem o mesmo sonho e vamos espalhando a energia da fartura e da generosidade (não tem nada a ver com consumismo, que tenta substituir a atenção pessoal e a inteligência).

Precisamos criar outra cultura, onde possamos realmente gerar a energia do bem que queremos ver no mundo. E, para mim, a numerologia da alma abre horizontes de auto-conhecimento, compaixão e paciência com a nossa evolução humana. Sem paciência o caldo entorna, a gente se estressa e não vive bem. Com sabedoria podemos plantar, esperar, colher, tudo a seu tempo.

Finalmente, o 19/1 é a prova de fogo. O aviso bendito para nos guiar para longe do despenhadeiro da cobiça, da ganância e do egoísmo. O aviso bendito para sermos líderes justos. ☺

João Sérgio: Concordo com tudo que a Márcia e a Sílvia disseram e penso que o momento é agora. Já estamos 19 anos atrasados da era 2 que prega amor e paz. Mas por trás desta nova atitude há de haver um grande trabalho por parte daqueles que receberam as sementes dos mestres. Precisamos retirá-las das gavetas e nos esforçar para fazê-las crescer e se multiplicar. E para isso precisamos primeiro usar estas sementes da numerologia em nossas próprias vidas, perdoar as pequenas ofensas que recebemos, abrir mão do nosso direito a lei em favor do amor ao próximo. Não podemos nos esqueçer que as vítimas de hoje podem ter sido os tiranos de ontem, e que os tiranos de hoje podem agora estar requerendo sua paga no ciclo do olho por olho dente por dente...  Somente pela tolerância e amor, com perdão e sem julgamento poderemos interromper este ciclo vicioso...

Conforme disse a Sílvia, se deixarmos nossa vida vai nos tragar, nossos problemas pessoais, financeiros, falta de tempo, filhos, doença, viagens... Marido, esposa... Tudo isso vai ser motivo para nos afastar do pouco que dedicamos a espiritualidade... Precisamos então misturar a espiritualidade em tudo que fazemos. Sermos estudantes e praticantes  em tempo integral, olhar tudo com um olhar interrogativo e contagiar amigos, clientes, concorrentes, família, vizinhos e até aqueles que discordam de nossa visão... Pelo exemplo e pela segurança de nossa própria experiência...

Silvia Fitti:  Somos todos um grande degradée de emoções, pensamentos e comportamentos - como o Ying e o Yang - como do nascer ao por do sol. Nossas luzes vão mudando, subindo, descendo, esquentando, esfriando. Fazemos algo lindo aqui, uma coisa feia ali, e é assim mesmo. Por isso a importância de não julgar. Agora, também não dá para fechar os olhos quando eles começam a se abrir. Como não dá pra mudar o outro, acredito que o foco seja mudar a nós mesmos. Com calma e amor, paciência, persistência e determinação! ❤

O 19 é um sinal. Ele orienta a não repetir ou tomar cuidado para não fazer: não tomar o que não é seu. Não explorar o trabalho alheio de forma injusta. A pessoa não está fadada a fazer coisas erradas. Mas sim recebe um sinal (dependendo da posição no mapa) de que fez errado e deve ficar atenta para não repetir, ou prestar atenção porque vai passar por "tentações"... O propósito da existência é a evolução, não punição. O alerta para o 19 é forte e dramático, porque seus eventuais erros atingem muitas pessoas.

Como diz a sabedoria popular (e as palavras de Cristo): saber exercer o poder é o grande teste da espiritualidade.

Lisana Ratti:  Hoje estamos falando sobre o 19, mas em relação a estes comentários, não podemos deixar de citar o karma 16/7.

O orgulho, vaidade, egoísmo, traições e falta de escrúpulos, dizem respeito ao karma 16/7.

A humanidade está aqui para aprender a "ser humanos", mas pouco evoluímos. Ainda estamos agarrados  ao nosso Ego e o resultado é este que estamos vivendo no momento.

Bendita a Numerologia!
Bendita a Consciência!
Bendito o nosso despertar!
Estamos no caminho, ainda errando, mas nos esforçando para acertar e não alimentar os nossos karmas.

Qualquer atitude que prejudica a nós mesmos ou outras pessoas geram karmas e quando aparecem no mapa é um alerta para não cair na armadilha ou uma oportunidade para resgatar e não repetir. Neste caso a vida não aceita a "boa intenção".

João Sérgio: Eu acrescentaria  a frase de Eliphas Levy :

"Poder ter e poder abster-se, é Poder duas vezes"

Dogma e Ritual de Alta Magia -  Eliphas Levy.

Comentários

  1. Agora, relendo cada um dos comentários com calma e unindo os pontos, vejo a importancia destas reflexões e deste trabalho que estamos fazendo dia a dia, seguindo a trilha dos números para desvendar seus mistérios na linguagem do cotidiano. Muito bom, parabéns a todos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A objetividade do numero 1

Número 1 O número 1 é o impulso, o primeiro passo, o início de tudo. Absoluto e solitário, tudo gira ao seu redor, o único que pode existir sozinho, ele vem de si mesmo. Ele rasga o silêncio do nada e do conformismo, ele fere e incomoda. É a essência da expressão e da vida, o desejo intenso que se expressa na busca de um objetivo... Mas ele é imaturo e desconhece os riscos e obstáculos do caminho. E muitas vezes será alvo de críticas e julgamentos, principalmente dos acomodados. Por ser o primeiro, ele acaba sendo seguido e lidera movimentos de mudança. Ele divide de um lado os que o apoiam e do outro os que não compreendem. Minha experiência me mostra que algo neste líder representa uma necessidade de agir, de decidir e sair de cima do muro, de ter a coragem, de se arriscar e perder o medo da crítica. Em sua volta  às pessoas esperam sua iniciativa. Depois que ele age, vem os aplausos e as criticas, mas antes havia o silêncio e a continuidade de

Conheça a Alma dos Números e um Novo Caminho se Abrirá

A Numerologia da Alma é uma metodologia desenvolvida pelo mestre Gilberto Gonçalves a partir da Numerologia Pitagórica, que analisa os números sob uma visão psico-espiritual, dando ênfase a busca da "alma dos numeros" para revelar os planos da alma para a vida. A partir desta comprensão o indivíduo se torna capaz de compreender melhor a si mesmo, conhecendo seus desafios, seus talentos e forças que traz dentro de si, os planos de sua alma para esta vida e qual a missão foi programada para ser cumprida e quais valores deve desenvolver para cumprir esta missão. De acordo com a Visão Pitagórica, os números são a linguagem da natureza que expressam assim a Harmonia universal. Ao compreender estes simbolos somos capazes de "ouvir" ou "ler" o que a vida quer nos dizer, e ao confirma-los através da nossa propria reflexão interior nos tornamos auxiliares da vida na construção de nós mesmos. O estudo da Numerologia da Alma promove a expansão do nível de consciênci

Numerologia – A Personalidade de Quem Nasce no dia 22

Nascidos num dia 22 Aqueles que nasceram num dia 22 trouxeram para esta vida os dons de mestre educador e sábio conselheiro, devendo usar os seus talentos para incentivar a prática de ações humanitárias. Eles são ótimos planejadores e habilidosos construtores, sabendo idealizar a obra na mente e concretizá-la fisicamente. Eles funcionam muito bem, tanto no mundo dos negócios, como na área educacional, passando conhecimentos. Essas pessoas são muito emotivas mas também práticas, precisando controlar suas emoções e atividades, de modo a evitar estresses nervosos. Elas se dão muito bem quando direcionam as suas ações para atividades que contemplam a muita gente, podendo promover grandes obras beneficentes com larga repercussão no mundo. Elas vivem tendo pressentimentos e intuições que deverão ser seguidas sem vacilação, por conterem verdades que estão ocultas aos olhos físicos e à mente racional. Os acontecimentos na vida dessas pessoas costumam acontecer em dobro, o que deve

Numerologia – A Personalidade de Quem Nasce no dia 23

Nascidos num dia 23 Aqueles que nasceram num dia 23 não costumam ter afinidades com as atividades comerciais e rotineiras. Eles pensam com rapidez e agem com um dinamismo fora do comum, como todos que são regidos por números que somados dão 5. Essas pessoas gostam de pensar, adoram usar a mente para analisar os outros e são imensamente criativas no uso de argumentos que convençam a todos da exatidão de suas teses. Quem nasce nesse dia costuma ter uma personalidade sedutora, que encanta a todos, especialmente às pessoas do sexo oposto. Isto pode torná-los eternos conquistadores, sempre envolvidos com casos amorosos e mergulhados em atividades sociais. O seu tempo, porém, não deveria ser desperdiçado com aventuras e conquistas, mas com ações construtivas que os tornassem reconhecidos e afamados, pois eles precisam se orgulhar de suas realizações. As atividades físicas em geral atraem essas pessoas, especialmente aquelas que unem a ação ao pensamento, através de atividades dinâm

Número 11 - O líder servidor

Numero 11 O 9 põe a mão na massa, O dez é um salto e o 11 Potencializa o amor. O 9 é uma energia muito necessária nesse momento que passamos, onde a visão da maioria não ultrapassa as paredes de casa... Porém a energia do 11 (sempre a vibração daqueles que estão mais na frente em algum aspecto) é fundamental para alimentar de esperança e de energia, de conhecimento e de apoio, aqueles que trabalham e não tem muito tempo para filosofar. Ao mesmo tempo, o 11 inspira aqueles que estão quase despertando, e guiam os que despertaram e procuram uma luz. O 11 potencializa o amor, a dedicação e o cuidado do 2. Ou seria o 2 potencializado pela vivência e sabedoria. (Silvia Fittipaldi) O Dez é um salto. Acredito porque completou todo o ciclo inicial, é a soma do 1 + 2 + 3 + 4 (no Tetraktys), que simbolizam respectivamente: a mônada, a dualidade, a criação, a matéria. Esse conjunto forma o todo. E esse todo Pitágoras chama Deus. E por isso ele considera o 10 o número de Deus. Se

Numero 10 - A conquista de si mesmo

Numero 10 Bom dia! Hoje é um dia 10! Vamos tirar 10? Precisamos correr atrás de um 10? Ai que emoção, que ansiedade a competição, até interna, por aprovação. E mais que isso, ser o ou a MELHOR! O ZERO potencializa o efeito do número que o antecede? Representa a mudança de nível na  evolução, como o progresso de um ponto ao longo de uma espiral? O número 10 é representado no Tetraktys de Pitágoras como o número "resumo" de Deus, ou todo: 1 + 2 + 3 + 4 = 10 - o triângulo perfeito representa o todo, a partir do 1, a mônada, passando pela dualidade, o 2, o início da vida, o 3, até chegar na matéria, o 4. E essas quatro dimensões somadas formam o todo. Por isso essa visão totalizadora e individualista do 10. Na aula sobre talentos natos, o mestre Gilberto finaliza alertando "A conclusão a que se chega é que as pessoas do dia 10 são líderes muito poderosas e com fortes tendências solitárias, como se a presença do zero, junto ao número 1, lhes

Número 13 - O tradicional criativo

Número 13 Devemos pensar que um 13 como resultado final pode ser visto como um 10+3 , o que nos remete de novo a ideia da maturidade (10) que sabe que precisa dar um sentido pratico a sua criatividade(3) através do trabalho(4). O treze recomenda agir com cautela (4) e pés no chão para evitar devaneios (3) e procrastinação  e trabalhar duro para evitar a preguiça. A riqueza de ideias é criadora e multiplicadora de possibilidades. Uma mais bela que a outra e cada uma apontando um novo caminho. Queremos ficar com todas não é mesmo? Mas enquanto não fizermos uma escolha e seguirmos um caminho de cada vez, nada se constrói efetivamente. Urge então fechar provisoriamente  esta fábrica multiplicadora de sonhos e devaneios, e para isso  precisamos primeiro cercar  para permitir a fixação da massa que sustentará as estruturas. Mas é claro que precisamos de muito cuidado para não endurecer demais e secar totalmente nossa fonte, ou em outras palavras tornaria a pessoa rígida

Numerologia – A Personalidade de Quem Nasce no dia 7

Nascidos num dia 7 Aqueles que nasceram num dia 7 são intelectuais, detalhistas e de tendências solitárias. Por isso, é muito comum encontrá-los em atividades científicas, unindo o seu poder mental com o prazer de trabalhar a sós. Eles conseguem uma união perfeita do intelecto com a intuição, o que os tornam, ao mesmo tempo, cientistas e místicos. Essas pessoas que nasceram num dia 7 são muito sensíveis e retraídas, e dão preferência a viverem sozinhas, não apenas por suas vocações solitárias, mas também para não terem de conviver com ordens e decisões alheias. Elas não se adaptam bem a quaisquer formas de sociedade, principalmente se tiverem de dividir o poder meio a meio com o sócio. Devido à sua profunda capacidade de concentração e análise, essas pessoas tendem a ser auto centralizadoras e teimosas, pois só se convencem do que sejam capazes de entender e controlar. Por isso, adiantam muito pouco os conselhos e as experiências alheias, para fazê-las mudarem de ideia. Um ou

O Número 12 está em cena

Numero 12 Sim, o doze está em cena trazendo bem explícito sua individualidade e sua sensibilidade e alegria, nos levando a despertar também nossa expontaneiadade... O líder se permitiu a insegurança da dúvida. Agora mais consciente e maduro ele reconhece suas fraquezas e as espoe sem perder sua força. E daí pode surgir uma nova possibilidade de abrir novos caminhos... Responsabilidade com liberdade(4x3) Agora as possibilidades se multiplicam diante do grau de maturidade. O líder agora tem mais consciência e pode ter mais liberdade sem deixar de seguir certos limites que são importantes. Começam então a ser criados os raios internos que permitem lidar com a diversidade sem perder o foco. A Divisão em 4 quadrantes, e cada quadrante dividido em 3 níveis, o básico, o avançado e superior ou mestrado. Dividir para facilitar, mas deixar uma margem e espaço de criação dentro de certos limites. Dar liberdade com maior responsabilidade sem uma cobrança mais incisiva.

Numerologia – A Personalidade de Quem Nasce no dia 15

Nascidos num dia 15 Aqueles que nasceram num dia 15 amam a família e o lar. Essas pessoas podem tornar-se ótimos pais, mães, esposas e maridos, por serem muito responsáveis e atuantes. Como professores, seriam amorosos e inovadores, lidando com os alunos, como se fossem seus filhos. Os nascidos nesse dia atraem boas oportunidades de ganhos financeiros, mas precisam controlar os seus impulsos de teimosia e dominação, que podem criar-lhes problemas nos negócios. Eles costumam aprender tudo com muita facilidade, através da observação e das tentativas de acerto, já que não têm muita paciência para estudos ou pesquisas. Elas são pessoas de grande vitalidade, permanecendo muito ativas e com aparência jovem, mesmo em idade mais avançada. As mulheres costumam ser boas cozinheiras, mas se recusam a seguir receitas, preferindo o improviso na hora de dosar as medidas ou de escolher os ingredientes. Elas também se sentem muito atraídas pela arte, especialmente pela música, cantando ou