quinta-feira, 14 de março de 2019

Numero 14 - O desapegado


Número 14


Cheguei de repente.

Venho de um lugar onde fiquei aprisionado a costumes e padrões e agora quero liberdade.

Interessante... as penas, que remetem as aves e aos índios. Remetem a alçar novos vôos.
O 14 clama por mudanças, desapegos de antigos comportamentos.

Por isso a vida vira de ponta a cabeça.

Uma forma de acordar e mostrar que tem que  fazer  diferente

Ao estudar o 5 para dar a palestra, me lembrei dos ensinamentos xamanicos.

O 5 sai para o mundo em busca do novo e depois de um tempo volta para a casa trazendo todo o aprendizado para transforma-lo em lar.
Mudanças de paradigmas através  da busca do novo, do desconhecido.

No xamanismo quem faz este movimento é o lobo, animal de poder.
O lobo é muito ligado à família, mas distancia e sai para o mundo em busca de conhecimento e retorna para a matilha para compartilhar a sua experiência. (Lisana Ratti)

As pessoas com forte predominância deste numero em determinadas posições, são verdadeiros ciganos e precisam praticar o desapego.

Vocês perceberam que quando um número termina no final do dia ele abre espaço naturalmente para o seguinte?  Sua experiência produz conflito que abre uma necessidade que o outro que vem em seguida vai atender.

E quando olhamos sob a perspectiva do número do dia, já sabemos que este comportamento é fruto das causas do dia anterior.

A gente vem subindo uma escadinha,  desde o número 1, que pela sua objetividade e agressividade  criou a necessidade de maior sensibilidade(2),
depois a retenção e extrema insegurança do 2 fez gerar a necessidade de expressividade(3),
depois o excesso de expressividade trouxe a necessidade de limites e controles(4),
o excesso de limites fez surgir o desejo de liberdade e movimento(5),
o excesso de liberdade fez surgir a necessidade de compromissos e alianças(6),
do sentimentalismo nasceu o desejo de compreender e investigar(7),
o perfeccionismo fez surgir a necessidade de aplicação prática(8),
a ambição pelos resultados fez surgir a necessidade de olhar o outro(9),
Veio o amadurecimento(10) e o ciclo recomeçou...

A cada novo degrau ele adquire novos recursos.

Como buscar um recurso se você não precisa?

E uma vez que você tenha necessidade estará disposto a qualquer sacrifício para conseguir.

Agora imagina alguém que chegasse agora e não tivesse participado de todo este processo de crescimento?

Como iria entender as necessidades do 14 ou de qualquer número?

É por isso que na vida nos precipitamos e colocamos a carroça na frente dos burros, porque não seguimos a sequência dos fatos e não enxergamos que tudo se constrói através de um processo sequencial. Desta forma não enxergamos a relação entre causa e efeito e da mesma forma não sabemos produzir as causas que farão germinar as transformações que desejamos.

Essa é uma das fraquezas do 14. Sua ânsia de mudar as coisas a qualquer preço o leva a precipitação e ao atropelo dos processos naturais de germinação, crescimento e amadurecimento.  Ele não enxerga a vida como um processo em escadinha, e não compreende a relação de causa e efeito, porque não tem paciência para acompanhar os pequenos detalhes.

Isso o leva a uma visão parcial e a tomar decisões precipitadas...

Ele simplesmente não tem recursos internos para defender seus argumentos de forma estruturada e cuidadosa e fica irritado diante de uma argumentação que confronte suas ideias.

Relacionar-se com uma pessoa assim é sentir a corda esticada o tempo todo com uma tensão permanente no ar. Não sabe pedir desculpas, falar docemente ou dizer muito obrigado, conquistar aliados pela doçura e delicadeza.

Suas fortes crenças e valores são o seu norte e não está disposto a discuti-las ou negocia-las com quem quer que seja.

Até quando nosso líder vai insistir em colocar a força masculina e o poder da vontade na frente de tudo...

Mas a noite está chegando e nosso líder faz sua reflexão e se dá conta que precisa mudar. Ele decide que amanha fará tudo diferente, vai procurar cuidas das pessoas, se ligar em compromissos, ter mais paciência e tolerância com sua família...



CONHEÇA O LIVRO NUMEROLOGIA DA ALMA

 Conheça o Livro Numerologia da Alma
   

2 comentários:

  1. Eu mesmo me impressiono com a riqueza que surge de nossas reflexões. Cada um contribuindo um pouco com sua visão particular e ajudando assim a ampliar um pouco mais a visão do outro.

    ResponderExcluir
  2. Enviei pra mim irma na paraiba ela oracolista qdo leu e ficou surpreendida os relatos abordados era como se algyem tivesse falando pra ela

    ResponderExcluir

Azul e rosa

É impressioanante como a raiz de todo o conflito humano se resume a essa dualidade. Tudo o mais são matizes derivadas de múltiplas combin...