Pular para o conteúdo principal

Para que serve a numerologia?






O Estudo da Numerologia tem como único objetivo o autoconhecimento. Ela não serve para mudar as coisas, não serve para mudarmos os nomes, escolhermos um apartamento, não serve para atender nossos interesses pessoais e materiais.
A Numerologia é a linguagem do Universo, a linguagem da Alma e do inconsciente. Podemos ouvir o Universo mas não podemos alterar seus desígnios. A única coisa que podemos modificar é a nós mesmos. Mas curiosamente quando nos transformamos o mundo e o Universo ao nosso redor se modificam.
Um mapa numerológico mostra nossas forças, fraquezas, lições não aprendidas, nossos erros e acertos, nossos desejos mais profundos e nossos medos, e fundamentalmente, toda a estrutura do Plano de nossa vida.
Os desafios estão lá, latentes na alma. Eles representam fraquezas a serem enfrentadas, como se fossem lodo depositado no fundo de um lago. Se alguém cutucar eles vem a tona. O problema  é que neste ciclo onde os desafios estão, a vida vai cutucar você o tempo todo e as fraquezas virão a tona, gerando conflitos e sofrimentos até que você resolva o problema.
Se você tem medo de crítica por exemplo, e está em um ciclo com desafio 3, coitado de você! Será exposto a todo tipo de crítica. Pode ser que você ocupe uma posição de destaque, uma chefia, liderança na família, etc. As experiencias do ciclo dirão que  Tipo de crítica você vai viver.
Para cada um de nós há uma lição fundamental a ser aprendida! Algo que representa um grande desafio para nossas almas. E não importa se você é bom e sábio em outras áreas. Aquela que você reluta em aprender será o seu martírio e sua luta permanente. O problema é que não dá para se esconder dela, porque toda sua vida foi planejada e construída para te colocar em confronto com suas fraquezas. Você sofre por coisas gigantescas para você, que para os outros são pequeninas besteiras, coisa muito simples de resolver.
Ficamos presos em um redemoinho dando voltas no mesmo problema por causa de nossa miopia e teimosia.
Somente quando nos rendemos e enfrentamos com coragem o Desafio,  ele se torna então uma experiencia e a Alma destrava o seu caminho e continua o seu aprendizado buscando novos Desafios.
Nada nem ninguém poderá cura-la. Nem mudança de nomes, cromoterapia, Reik, magia… Estas coisas suavizam os efeitos mas não afetam a essência do nosso Ser.
Somente o Despertar da Consciência para a fraqueza, e a firme decisão de empreender uma longa e penosa jornada de reeducação e reconstrução poderá enfim liberta-la, Despertando seus Potenciais.
E o Poder alcançado na conquista de si mesmo será então a alavanca para novos empreendimentos internos.
Esse é o objetivo da Numerologia!
Tornar as pessoas conscientes de seus desafios e Potenciais e incentiva-las a lutar para se colocarem acima das circunstancias em que se acham.


Gostou do texto?

CONHEÇA O LIVRO NUMEROLOGIA DA ALMA

 Conheça o Livro Numerologia da Alma
   


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Numero 15 - Família é tudo de bom

Numero 15


Nosso líder acordou cedo já fez o café, tomou café com a esposa e os filhos, levou as crianças na escola... Ele agora quer cuidar das pessoas, se relacionar, amar e ser amado... Desde que tudo corra conforme ele gosta, é claro... Há que vida boa...

Quem pensava que a vida familiar era monótona e parada, está vendo agora que ela é muito agitada, cheia de movimentos, festas, compromissos, comemorações, alegria e mudanças... Uma criatura que gosta de controlar(1)  e mudar as coisas (5)  encontra um "prato cheio" e fica muito entusiasmada...

E se apaixona pelas pessoas e pela rotina. Mas tem que ser do seu jeito...

Família é a coisa mais legal que tem. É falar sem pensar, todo mundo falando ao mesmo tempo, é encarnar no irmão, colocar o apelido justamente que ele não gosta, fazer trapaças, contar segredos É cumplicidade,  fazer traquinagens... É almoço com todos reunidos na mesa, uma brigalhada danada e muita gargalhada, o tio mala... muitas historias e muitas piadas…

Número 13 - O tradicional

Número 13


Devemos pensar que um 13 como resultado final ou no TN pode ser visto como um 10+3 , o que nos remete de novo a ideia da maturidade de quem sabe que cometeu erros de omissão e aceita se submeter ao trabalho duro sem revolta...
O treze recomenda agir com cautela (4) e pés no chão para evitar devaneios (3) e procrastinação  e trabalhar duro para evitar a preguiça.

A riqueza de ideias é criadora e multiplicadora de possibilidades. Uma mais bela que a outra e cada uma apontando um novo caminho.

Queremos ficar com todas não é mesmo?

Mas enquanto não fizermos uma escolha e seguirmos um caminho de cada vez, nada se constrói efetivamente.

Urge então fechar provisoriamente  esta fábrica multiplicadora de sonhos e devaneios, e para isso  precisamos primeiro cercar  para permitir a fixação da massa que sustentará as estruturas. Mas é claro que precisamos de muito cuidado para não endurecer demais e secar totalmente nossa fonte...

A matéria prima das cercas é feita do número 4, a razão,  e um…

Numero 28 - A nobreza do lider

Numero 28

Vocês sabem o que é um grupo de networking? 

São grupos as vezes com 50 a 100 empreendedores que se reúnem com o objetivo de gerar mais negócios para todos. Semelhante às fraternidades mas com um objetivo mais voltado a resultados financeiros.

Normalmente estes grupos não tem um dono, embora tenham um líder e diretores escolhidos pelos demais para manter a ordem e a disciplina. Como as fraternidades, os membros se reúnem em dias certos, conversam e trocam ideias sobre seus negócios, fazem amizades, brincam e até surgem desavenças, exatamente como um qualquer família.

Mas com tantas pessoas com os mesmos interesses, como que se consegue gerar oportunidades para todos e como alguém consegue se destacar dos demais sem gerar competição?

Surge então dois valores importantes  VISIBILIDADE e CREDIBILIDADE.  Os dois juntos produzem maior rentabilidade.

E como você faz para se tornar mais visível em um grupo, uma vez que não tem chefe, e como isso pode gerar resultados?

A respost…